Precisamos de um Avivamento



Habacuque 3:2 Ouvi, SENHOR, a tua palavra e temi; aviva a tua obra, ó Senhor, no decorrer dos anos, e no decurso dos anos faze-a conhecida." O grande problema da falta de avivamento não esta em Deus e sim na igreja de Deus que somos nos. Nos somos o maior obstáculo do avivamento! A igreja precisa pedir perdão de seus pecados.


A igreja tem palavra, mas não tem Poder. A igreja tem doutrina, mas não a sã doutrina. A igreja tem barulho de santidade, mas não santidade. A igreja tem trabalho, mas não tem fruto. A igreja tem louvor, mas não tem unção. A igreja diz que adora a Deus, mais adora o mundo. A igreja diz que ora, mais foge dos cultos de oração. A igreja diz ora vem Senhor Jesus, sem estar preparada.


O avivamento não é desvio e volta, não é sair da rota é retornar ao caminho, não é inovação é restauração, não é fuga da bíblia e volta à bíblia. Não podemos resistir ao Espírito Santo devemos obedecer ao Espírito Santo!.

O grande obstáculo do avivamento

O pecado é o grande obstáculo do avivamento, a igreja esta vivendo um evangelho superficial, porque tem pouca convicção do pecado. Ela vem pouco a pouco se acostumando com o pecado.

I Coríntios 5:1 e 2 Geralmente, se ouve que há entre vós imoralidade e imoralidade tal, como nem mesmo entre os gentios, isto é, haver quem se atreva a possuir a mulher de seu próprio pai.E, contudo, andais vós ensoberbecidos e não chegastes a lamentar, para que fosse tirado do vosso meio quem tamanho ultraje praticou?

A igreja hoje acha tudo normal, eles dizem nada tem a ver nos estamos no mundo e precisamos viver como o mundo vive! Porem o Senhor Jesus revela em sua palavra que se o amor do mundo esta em nosso coração estamos corrompidos.

I João 2:15 Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele; Quantos estão envolvidos com jogos, bebida alcoólica, sonegam impostos, mentem em seus negócios, forjam documentos falsos, mentem para tirar passaporte, mentem para tirar visto etc.

Porque o avivamento acabou em muitos lugares?

Em muitos países o avivamento acabou porque os crentes deixaram o mundo entrar em seus corações.

Nos estados unidos os crentes saiam da igreja e iam para os bares. Tomar shoop. O divorcio passou a ser uma coisa normal, muitos pastores se divorciaram! As pessoas começaram achar que ir à igreja era um peso todos os dias As pessoas começaram achar a igreja muito longe, custava muito ir à igreja todos os dias.

Então aconteceu o pior, Satanás começou agir nos estados unidos da América, igrejas começaram a ser fechadas e vendidas para comerciantes, no lugar das igrejas hoje são boates lojas etc. Teve pastores que venderam suas igrejas para os muçulmanos e hoje muitas destas igrejas viram mesquitas.

Jeremias 15:19 Portanto, assim diz o SENHOR: Se tu te arrependeres, eu te farei voltar e estarás diante de mim; se apartares o precioso do vil, serás a minha boca; e eles se tornarão a ti, mas tu não passarás para o lado deles.

II Crônicas 7:14 se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra

Tiago 4:10 Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará.

Avivamento mundial através da Humilhação!

Todo o avivamento é prescindido de Humilhação e oração as chuvas torrenciais não caem sem que a igreja esteja de joelhos. Deus não sarara a nossa terra sem que primeiro o povo se humilhe e ore fervorosamente.

II Crônicas 7 :14 ao 16 se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.Estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração que se fizer neste lugar.Porque escolhi e santifiquei esta casa, para que nela esteja o meu nome perpetuamente; nela, estarão fixos os meus olhos e o meu coração todos os dias.

A humilhação e o caminho que prepara a igreja para chegar diante de Deus em oração!

Sem humilhação não adianta orar, o céu não se abra e Deus não ouve nossas orações, seria mais ou menos você ter um celular de ultima geração e não ter credito ou linha. Pra que serve um carro novo top de linha se não há estrada para ele andar. A humilhação e o caminho mais rápido que existe para oração. Oração sem humilhação é perda de tempo e falar as paredes e não a Deus.

Esdras sabia deste caminho por isso foi um dos homens mais usados por Deus.

Esdras 9:5 Na hora do sacrifício da tarde, levantei-me da minha humilhação, com as vestes e o manto já rasgados, me pus de joelhos, estendi as mãos para o SENHOR, meu Deus,

Tiago 4:10 Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará.

I Pedro 5:6 Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele, em tempo oportuno, vos exalte,

A oração é a chave que abre avivamento!

A oração pode ser comparada como combustível do avivamento. A oração é como se fosse a senha do banco de Deus! Estamos vivendo tempo de seca, estiagem, e grande sequidão da parte da igreja! A igreja fala de oração, mas não ora, prega grandes sermões de oração , mas não dobra os joelhos, possui ricos postulados teológicos sobre oração, mas não comparece as noites de vigílias de oração. Na maioria das igrejas estão na UTI prestes a morrer por falta de oração. O povo anda muito ocupado para ocupar-se com oração. Tem tempo para tudo viagens, férias, trabalho, esportes lazer, trabalhos teológicos etc, mas não tem tempo de orar. Temos em nossos altares gigantes do saber e anões em oração, mestre no ensino de oração, mas não oram. Homens que devoram livros, mas não oram, examinam as escrituras, mas não oram. Deus age de acordo com seus propósitos, de acordo com seu relógio, mas Ele busca homens, mulheres, jovens e crianças para concordar com Ele na oração.

Quando o homem de Deus não ora, temos:

Grandes sermões e pequenas pregações, as mensagens não causam impactos não tem calor o povo quer ir embora. Sermões sem oração não têm unção, e se não tiver unção os corações ficam endurecidos. As igrejas estão cheias de homens de Deus mortos Espiritualmente falando, homens mortos produzem sermões mortos, sermões mortos matam! São sermões como o bastão nas mãos de Geazi não tem nenhum poder não ressuscitam os mortos.

O povo quando começa buscar avivamento a primeira necessidade que sente e de Orar!

Quando a igreja ora ela é avivada pelo Espírito Santo, ela é uma igreja transformada, sua vida ganha vigor, maravilhas começam acontecer na igreja.O Reverendo Jeremias Pereira da Silva costumava dizer que: Quando a igreja ora, os céus se abrem, o inferno treme e as coisas novas acontecem.

Lucas 3:21 e 22 E aconteceu que, ao ser todo o povo batizado, também o foi Jesus; e, estando ele a orar, o céu se abriu, e o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea como pomba; e ouviu-se uma voz do céu: Tu és o meu Filho amado, em ti me comprazo.

Aqui temos uma revelação do poder da oração quando Jesus foi ser batizado estando ele a orar o céu se abriu o Espírito Santo desceu e Deus falou dizendo este é meu filho amado. Você fé amado de Deus quando você ora.

Provérbios 8:17 Eu amo os que me amam; os que me procuram me acham.

Às vezes estamos tão preocupados com os problemas que esquecemos de orar, dizemos que estamos em Espírito de oração, mas em nosso espírito age um espírito de ansiedade e preocupação. A oração libera as benção do Senhor, libera o propósito que Deus tem em nossas vidas. 1- Precisamos de perseverança na oração

Alem da dificuldade que a igreja tem em orar, a maioria não perseveram na oração.

Isaias 62: 6 e 7 Sobre os teus muros, ó Jerusalém, pus guardas, que todo o dia e toda a noite jamais se calarão; vós, os que fareis lembrado o SENHOR, não descanseis,nem deis a ele descanso até que restabeleça Jerusalém e a ponha por objeto de louvor na terra.

Temos entusiasmo, animo para começar orar, mas desistimos com muita facilidade Jesus nos ensinou o que devemos fazer.

Lucas 18:1 Disse-lhes Jesus uma parábola sobre o dever de orar sempre e nunca esmorecer:

Paulo orava sem cessar e recomendou orarmos sem cessar

I Tessalonicenses 5:17 Orai sem cessar.

O mesmo acontece com um despertamento: Mesmo que o avivamento venha exclusivamente da parte de Deus e mesmo que só o Senhor possa despertar Seu povo, temos de orar com fervor para que o avivamento aconteça. Paulo o sabia muito bem, senão não teria feito o pedido aos cristãos de Tessalônica:

II Tessalonicenses 3:1 "Finalmente, irmãos, orai por nós, para que a palavra do Senhor se propague, e seja glorificada, como também está acontecendo entre vós"

Colossenses 1:9 Por esta razão, também nós, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós e de pedir que transbordeis de pleno conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e entendimento espiritual;

Elias orou ate que chuvas torrenciais desceram sobre a terra se ele tivesse desistido na sexta vez o que seria de Israel.

Isaias fala que devemos orar dia e noite!

Isaias 62:6 Sobre os teus muros, ó Jerusalém, pus guardas, que todo o dia e toda a noite jamais se calarão; vós, os que fareis lembrado o SENHOR, não descanseis,

A igreja apostólica orou com perseverança ate que do alto veio o Espírito Santo!

Atos 1:14, 2:1 ao 4 O avivamento na Korea do sul em épocas passadas só veio, porque uma meia dúzia de irmãos cansados da mesmice e fascinados por oração perseveraram na oração até que o avivamento chegou!

Uma vida abundante de oração!

A igreja não faz campanha de oração tem uma vida de oração. Assim como as pessoas almejam nesta terra estabilidade financeira, status e viver uma vida abundante, vida de oração não pode ser diferente. Quando você chegar a este nível de viver uma vida de oração não haverá limites para você. Será Deus no céu e você na terra! Saberás que as suas orações serão ouvidas e respondidas. Muitos homens chegaram ao terceiro nível e descobriram qual era a perfeita vontade do pai celestial. Vamos analisar a vida de alguns.

Jesus nos ensinou ter uma vida de oração!

Mateus 6:5 E, quando orardes, não sereis como os hipócritas; porque gostam de orar em pé nas sinagogas e nos cantos das praças, para serem vistos dos homens. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa.

Quero frisar uma vez mais: É bíblico orarmos por avivamento, pois qual outra razão o Senhor teria deixado no evangelho de São Lucas o seguinte versículo:

Lucas 10.2 "A seara é grande, mas os trabalhadores são poucos. Rogai, pois, ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara"?

De certa forma, essa é outra oração por despertamento. Por isso vamos orar, não esquecendo que o Senhor poderia mandar obreiros para Sua seara sem a nossa intercessão, mas não o faz! Ele quer que oremos; Ele até, de certa forma, espera por nossas orações!

Jesus tinha uma vida de oração!

Mateus 14:23 E, despedidas as multidões, subiu ao monte, a fim de orar sozinho. Em caindo a tarde, lá estava ele, só.

Mateus 26:36 Em seguida, foi Jesus com eles a um lugar chamado Getsêmani e disse a seus discípulos: Assentai-vos aqui, enquanto eu vou ali orar;

Mateus 26:44 Deixando-os novamente, foi orar pela terceira vez, repetindo as mesmas palavras.

Marcos 6:46 E, tendo-os despedido, subiu ao monte para orar. Lembre-se: o mundo hoje requer uma igreja que trabalhe no poder do Espírito Santo. Uma igreja que saiba depender do Espírito na realização de seus projetos. Isso só ocorrera se tivermos uma vida de oração!

Zacarias 4:6. Prosseguiu ele e me disse: Esta é a palavra do SENHOR a Zorobabel: Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito, diz o SENHOR dos Exércitos. Mais uma vez, o avivamento está no ar. Agora resta a você e eu entendermos, aceitarmos e cooperarmos com aquilo que Deus quer fazer em nosso tempo, na nossa geração. Nestes últimos dias, Deus deseja derramar o grande avivamento!.

Algumas frases de homens de Deus!

"Aquele que conseguisse levar os crentes a orar, seria quem, abaixo de Deus, produziria o maior avivamento que o mundo já viu." Do livro: Por que tarda o pleno avivamento? - Leonard Ravenhill

Extraído do livro: A Historia do avivamento da rua Azusa de Frannk Bartleman.

Naquele tempo eu costumava declarar que eu preferia viver seis meses em 1906, do que 50 anos noutra época. Grandes coisas se iniciavam para o grão de trigo que estava disposto "a cair na terra e morrer", Havia promessa de grandes colheitas. Mas para os insensatos espirituais, tudo isso não passava de bobagens. Escrevi outra carta para Evan Roberts, pedindo orações incessantes pela Califórnia. Assim continuávamos ligados em oração com Gales por um Avivamento. Naquele tempo a verdadeira oração ainda não era bem compreendida. Era difícil achar um lugar quieto onde não se fosse incomodado. Ter experiência de Getsêmani com Jesus era raro entre os santos daqueles dias.

Extraído do livro: A Historia do avivamento da rua Azusa de Frannk Bartleman. A intercessão continua Um dia, na igreja de Smale, eu estava gemendo em oração no altar. O espírito de intercessão estava sobre mim, mas um irmão veio e me repreendeu severamente. Ele não compreendia o que estava acontecendo. A carne naturalmente reluta diante de tão árduo sacrifício. Os gemidos não são muito populares em algumas igrejas assim como não são agradáveis os brados de uma mulher dando à luz. A angústia na intercessão não é companhia agradável para os que querem uma vida egoísta no mundo. Mas as almas não são ganhas sem esta experiência. Dar à luz não é considerado um exercício agradável hoje em dia. O mesmo acontece num verdadeiro avivamento que gera novas vidas nas igrejas. A sociedade não se importa muito com uma mãe que está para dar à luz. Prefere a alegria superficial. O mesmo acontece nas igrejas com relação a angústia da intercessão. Há pouca preocupação com os pecadores. Os homens fogem dos gemidos de uma mulher que está para dar à luz. E as igrejas não querem ouvir os gemidos da intercessão. Estão muito mais preocupados em se divertirem.

Há duas questões que precisam ser consideradas sobre a unção do Espírito Santo: A primeira é sobre o que o Espírito Santo está dizendo hoje para a igreja?

Sabemos que a verdade de Deus é única e que o seu propósito continua o mesmo desde o início da criação.

Malaquias 3:6 Porque eu, o SENHOR, não mudo; por isso, vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos.

Mas sabemos também que suas revelações são progressivas!

João 13:7 Respondeu-lhe Jesus: O que eu faço não o sabes agora; compreendê-lo-ás depois.

Em cada período da história o Espírito Santo se moveu de acordo com as necessidades da igreja e do povo! Nestes dias o Espírito Santo está derramando à igreja com o que ele tem de melhor. Por isso devemos estar atentos à sua voz.

Algumas perguntas que devemos fazer para nos mesmos 1. O que estamos realizando tem a ver com o propósito de Deus para esses dias? 2. O nosso esforço tem respondido as prioridades do Reino de Deus? 3. A nossa motivação está sendo direcionada para o alvo certo?

A segunda questão é se a igreja está ouvindo com clareza o que o Espírito está dizendo?

Quando não se ouve com clareza a voz do Espírito corre-se o risco de caminhar por caminhos traçados pela nossa vontade.

I Coríntios 14:8 ao 12 Pois também se a trombeta der som incerto, quem se preparará para a batalha?Assim, vós, se, com a língua, não disserdes palavra compreensível, como se entenderá o que dizeis? Porque estareis como se falásseis ao ar.Há, sem dúvida, muitos tipos de vozes no mundo; nenhum deles, contudo, sem sentido.Se eu, pois, ignorar a significação da voz, serei estrangeiro para aquele que fala; e ele, estrangeiro para mim.Assim, também vós, visto que desejais dons espirituais, procurai progredir, para a edificação da igreja.

2. Como ouvir a voz do espírito nestes dias?

Em primeiro lugar, examinando o que a Palavra de Deus fala sobre esse período. No livro do profeta Isaias há um texto profético que fala sobre uma grande unção que será derramada sobre o nosso deserto!

Isaias 35:1 ao 10 O deserto e a terra se alegrarão; o ermo exultará e florescerá como o narciso.Florescerá abundantemente, jubilará de alegria e exultará; deu-se-lhes a glória do Líbano, o esplendor do Carmelo e de Sarom; eles verão a glória do SENHOR, o esplendor do nosso Deus.Fortalecei as mãos frouxas e firmai os joelhos vacilantes. Dizei aos desalentados de coração: Sede fortes, não temais. Eis o vosso Deus. A vingança vem, a retribuição de Deus; ele vem e vos salvará.Então, se abrirão os olhos dos cegos, e se desimpedirão os ouvidos dos surdos; os coxos saltarão como cervos, e a língua dos mudos cantará; pois águas arrebentarão no deserto, e ribeiros, no ermo. A areia esbraseada se transformará em lagos, e a terra sedenta, em mananciais de águas; onde outrora viviam os chacais, crescerá a erva com canas e juncos. E ali haverá bom caminho, caminho que se chamará o Caminho Santo; o imundo não passará por ele, pois será somente para o seu povo; quem quer que por ele caminhe não errará, nem mesmo o louco. Ali não haverá leão, animal feroz não passará por ele, nem se achará nele; mas os remidos andarão por ele.Os resgatados do SENHOR voltarão e virão a Sião com cânticos de júbilo; alegria eterna coroará a sua cabeça; gozo e alegria alcançarão, e deles fugirá a tristeza e o gemido.

O avivamento mundial é o desejo de Deus e será cumprido!

Ver o evangelho sendo pregado a todas as nações.

Mateus 24:14 E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim.

B. Ver a igreja convivendo com o sobrenatural

Marcos 16:17 e 18 Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas;pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados.

C. Ver o povo buscando a santificação.

I Tessalonicenses 4:3 e 4 Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição;que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra,

D. Ver as influências satânicas sendo inibidas pelo poder da unção.

Lucas 4:18 O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar

os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos,e apregoar o ano aceitável do Senhor.

Devemos estender os olhos para o mundo para ver onde o vento está soprando. Durante um período o vento soprou em alguns países e modificou completamente a sua paisagem. A Escócia há cerca de quatrocentos anos estava mergulhada em profundas trevas. O povo vivia numa pobreza degradante. Os sistemas feudais, que em outros países já havia sido abolido, ainda predominava na Escócia. Não existia a classe média. Apenas o clero, a nobreza e o povo. O povo era considerado os vassalos dos barões. Era escravo no corpo e na mente.O clero levava uma vida corrompida e imoral. Neste caos surge um homem levantado por Deus chamado João Knox. Sob o ministério deste homem o país foi transformado completamente. A Inglaterra também em 1739 experimentou o mover do Espírito através de João Wesley, Charles Finney, George Whitefield. Em outros países como Irlanda, Gales, Estados Unidos o sopro do Espírito Santo mudou a vida e o sistema de governo até então predominante. Hoje o Espírito continua soprando em muitos outros lugares. A nossa oração é que ele não deixe de soprar em nosso meio, em nossa igreja, em nosso país.

3. Os perigos que ronda a igreja

Acreditar que: Avivamento acontece através de uma organização bem feita; B. Se dará por uma programação eclética; C. Acontecerá por habilidade em lidar com o povo; Acontecerá pelas habilidades dos lideres da igreja; É importante frisar, que sem o avivamento não há trabalho espiritual. Nada pode substituir a ação do Espírito Santo.

Lucas 24:49 e 50 Eis que envio sobre vós a promessa de meu Pai; permanecei, pois, na cidade, até que do alto sejais revestidos de poder.Então, os levou para Betânia e, erguendo as mãos, os abençoou.

O monte Carmelo e o dia de pentecostes: Dois tipos de Avivamento!

I Reis 18:20 ao 39

No antigo testamento nós temos a história do profeta Elias enfrentando a nação de Israel, seu rei acabe e o seu deus falso, baal, no monte Carmelo. esse evento é exemplo de um forte avivamento que, num só dia, levou uma nação desviada a voltar para deus. Acabe convocou então todo o Israel e reuniu os profetas no monte Carmelo. Elias dirigiu-se ao povo e disse: "até quando vocês vão oscilar para um lado e para o outro? se o senhor é deus, sigam-no; mas, se baal é deus, sigam-no". O povo, porém, nada respondeu. Disse então Elias: Tragam dois novilhos. escolham eles um, cortem-no em pedaços e o ponham sobre a lenha, mas não acendam fogo. eu prepararei o outro novilho e o colocarei sobre a lenha, e também não acenderei fogo nela. então vocês invocarão o nome de seu deus, e eu invocarei o nome do senhor. o Deus que responder por meio do fogo, esse é Deus".

Atos 1: 12 ao 14 Atos 2:1 ao18 Atos 36 ao 41

O dia de Pentecoste é um exemplo de avivamento alcançando uma cidade no Novo Testamento. Além de ser um evento escatalógico1, a primeira vez nas escrituras que a frase "os últimos dias" foi utilizada no sentido do presente, quando Pedro explicou que "isto é o que foi predito pelo profeta Joel: nos últimos dias, diz Deus, derramarei do meu Espírito"2, os acontecimentos deste dia também marcaram um grande avivamento que abalou a cidade de Jerusalém.

Vamos resumir algumas similaridades entre estes dois avivamentos:

Elias era um homem comum porem o grande diferencial é que ele tinha uma vida de oração!

Tiago 5:17 Elias era homem semelhante a nós, sujeito aos mesmos sentimentos, e orou, com instância, para que não chovesse sobre a terra, e, por três anos e seis meses, não choveu. A igreja primitiva era um povo comum como todos nós, porem tinha uma vida de oração. Atos 1:14 Todos estes perseveravam unânimes em oração, com as mulheres, com Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos dele. Elias obedeceu à palavra do Senhor sabendo que iria enfrentar o rei Acabe e toda a nação de Israel. I Reis 18:1 e 2 Muito tempo depois, veio a palavra do SENHOR a Elias, no terceiro ano, dizendo: Vai, apresenta-te a Acabe, porque darei chuva sobre a terra. Partiu, pois, Elias a apresentar-se a Acabe; e a fome era extrema em Samaria.

A igreja primitiva obedeceu à palavra do Senhor Jesus de esperar em Jerusalém.

Atos 1:4 E, comendo com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, a qual, disse ele, de mim ouvistes. Elias Tinha duas alternativa. A primeira Era: Viver fugindo de Jezabel e escondido em cavernas sendo sustentado por Obadias, como os sete mil profetas, ou confiar em Deus e ir para o confronto no monte Carmelo! I Reis 18:4 porque, quando Jezabel exterminava os profetas do SENHOR, Obadias tomou cem profetas, e de cinqüenta em cinqüenta os escondeu numa cova, e os sustentou com pão e água. A igreja primitiva tinha duas alternativas. A primeira era: Se ajuntar com os religiosos e participar apenas da festa do pentecoste, ou seja continuar aquela vida medíocre de religiosidade ou obedecer a palavra de Jesus e se arriscar permanecendo num cenáculo ou seja no andar de cima de uma casa em Jerusalém ate receber a promessa do Pai! Atos 1 : 13 e 14 Quando chegaram à cidade, eles foram até a sala onde estavam hospedados, a qual ficava no andar de cima da casa. Os apóstolos eram estes: Pedro, João, Tiago, André, Filipe, Tomé, Bartolomeu, Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o nacionalista, e Judas, filho de Tiago. Eles sempre se reuniam todos juntos para orar com as mulheres, a mãe de Jesus e os irmãos dele. Atos 2:1 ao 4 Quando chegou o dia de Pentecostes, todos os seguidores de Jesus estavam reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um barulho que parecia o de um vento soprando muito forte e esse barulho encheu toda a casa onde estavam sentados. Então todos viram umas coisas parecidas com chamas, que se espalharam como línguas de fogo; e cada pessoa foi tocada por uma dessas línguas. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, de acordo com o poder que o Espírito dava a cada pessoa. No monte Carmelo: O poder de Deus manifestou-se de uma forma sobrenatural que convenceu a multidão da realidade de Sua existência e poder, o povo reconheceu que só o Senhor é Deus, porem os profetas como o próprio rei Acabe e Jezabel continuaram na sua arrogância ! I Reis 18:39 O que vendo todo o povo, caiu de rosto em terra e disse: O SENHOR é Deus! O SENHOR é Deus! Na igreja primitiva: As manifestações sobrenaturais do Espírito de Deus chamaram a atenção da multidão e mais uma vez o nome do Senhor foi exaltado e o seu poder visto de uma forma extraordinária. Porem tinham aqueles que achavam que eles estavam embriagados. Atos 2:6 ao 12 Quando, pois, se fez ouvir aquela voz, afluiu a multidão, que se possuiu de perplexidade, porquanto cada um os ouvia falar na sua própria língua. Estavam, pois, atônitos e se admiravam, dizendo: Vede! Não são, porventura, galileus todos esses que aí estão falando? E como os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna? Somos partos, medos, elamitas e os naturais da Mesopotâmia, Judéia, Capadócia, Ponto e Ásia,da Frígia, da Panfília, do Egito e das regiões da Líbia, nas imediações de Cirene, e romanos que aqui residem, tanto judeus como prosélitos, cretenses e árabes. Como os ouvimos falar em nossas próprias línguas as grandezas de Deus?Todos, atônitos e perplexos, interpelavam uns aos outros: Que quer isto dizer? Outros, porém, zombando, diziam: Estão embriagados! Elias pregou uma mensagem de arrependimento ao povo, este sempre será o inicio de um grande avivamento. Avivamento sem arrependimento e fogo de palha. I Reis 18:21 Então, Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o SENHOR é Deus, segui-o; se é Baal, segui-o. Porém o povo nada lhe respondeu. Na igreja primitiva não foi diferente o apóstolo Pedro levou a eles uma mensagem de arrependimento. Não existirá avivamento sem arrependimento e quando nos arrependemos podemos ser cheios do Espírito Santo! Obs. Pedro faz duas colocações importantíssima a primeira é que eles deveriam ser batizados nas águas e em segundo lugar é que eles receberiam o Espírito Santo. Isto não é uma regra, mais neste caso era a forma como o apostolo Pedro via as punibilidades naquele momento. Eu conheço casos de pessoas que foram batizadas com o Espírito Santo antes de descer as águas do Batismo! Atos 2:38 e 39 Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo.Pois para vós outros é a promessa, para vossos filhos e para todos os que ainda estão longe, isto é, para quantos o Senhor, nosso Deus, chamar. No monte Carmelo houve mudanças imediatas e radicais como também no clima espiritual de toda nação de Israel. A primeira coisa a ser feita foi matar os profetas de Baal. Isto tem um significado para nós se quisermos um avivamento genuíno, precisamos fazer morrer a nossa velha natureza eliminar do nosso ser coisas que impedem de termos uma vida cheia do Espírito Santo. O paganismo pode significar a maneira como olhamos para as pessoas, muitas vezes idolatramos as pessoas em nossa volta. I Reis 18:40 Disse-lhes Elias: Lançai mão dos profetas de Baal, que nem um deles escape. Lançaram mão deles; e Elias os fez descer ao ribeiro de Quisom e ali os matou. Na igreja primitiva Deus através do Espírito Santo mudou a história de Jerusalém e o motivo desta mudança sem duvidas foram as atitudes na vida daqueles que haviam sido cheios do Espírito Santo. O comportamento deles mediante a sociedade fez com que muitos acreditassem naquele mover espiritual, não era algo apenas pregado e sim vivido por eles. Atos 2:41 ao 47 Com muitas outras palavras deu testemunho e exortava-os, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa. Então, os que lhe aceitaram a palavra foram batizados, havendo um acréscimo naquele dia de quase três mil pessoas. E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. Em cada alma havia temor; e muitos prodígios e sinais eram feitos por intermédio dos apóstolos. Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum. Vendiam as suas propriedades e bens, distribuindo o produto entre todos, à medida que alguém tinha necessidade. Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus e contando com a simpatia de todo o povo. Enquanto isso, acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos. O mover do Espírito Santo realizará sempre uma obra completa! Devemos atentar-nos a algumas coisa fundamentais neste mover do Espírito Santo. Eles tinham: Perseverança na sã doutrina, na comunhão, no partir do pão, nas orações, havia temor, sinais e prodígios, tinham tudo em comum, vendiam suas propriedades e bens e distribuíam entre eles o produto conforme a necessidade das pessoas, perseveravam unânimes no templo todos os dias, partiam o pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus. Agora qual era o resultado de tudo isso? Eles podiam contar: Com a simpatia de todo o povo, e o Senhor acrescentava-lhes todos os dias os que iam sendo salvos. A sim como o avivamento do monte Carmelo acabou com a seca sobre a nação de Israel, não poderia ser diferente em Jerusalém, quando provamos o verdadeiro avivamento a terra seca vira oásis, a morte se transforma em vida, o perdido é encontrado e salvo, aquilo que parecia impossível agora é possível, o difícil se torna fácil, as maldições são transformadas em bênçãos, as coisas de Deus fazem sentido para nós e o nosso maior prazer é estar em sua casa, Quando existe o genuíno avivamento o nosso altar é restituído e recebemos de Deus uma restituição completa, o inimigo é derrotado e Jesus Cristo exaltado! Quando recebemos avivamento recebemos da parte de Deus o cancelamento dos juízos de Deus sobre a nossa vida, família e nação. Conclusão! Eu creio que o verdadeiro avivamento terá todas estas características: Arrependimento, humilhações, oração, obediência, compromisso, manifestações sobrenaturais, mudanças nítidas na vida espiritual das pessoas e, como conseqüência do avivamento, almas sendo salvas aos milhares, igreja lotadas dia e noite para poder saciar a fome de milhões de pessoas.

Ver além do visível, do palpável ou falando de uma forma mais simples, além daquilo que se pode tocar é fator indispensável para a nossa espiritualidade. Precisamos ter um aprofundamento, na verdade é preciso estreitar os laços no tange a nossa vida com Deus. Urge que se crie um relacionamento com Deus não a partir da nossa visão, mas da visão dele. Precisamos olhar o mundo e não só o mundo, mas principalmente precisamos olhar a nossa vida e ver que Deus deseja colocar sua visão em nossa vida a fim de sermos seus instrumentos para sacudir o mundo ao nosso redor. O mundo está precisando de Jovens que tenham visão de Deus. Jovens que estejam dispostos a verem além daquilo que é visível, além daquilo que é explicável, mas que se constitui numa verdadeira arma de Deus para seus soldados. O texto que nós lemos fala de uma profecia que se refere há um derramar do Espírito de Deus e a princípio percebemos que a água e a chuva são símbolos da presença do Espírito. A água que purifica e a chuva que cai do céu na verdade são provisões de Deus para o sustento da vida humana.

Espiritualizando isso, é importante afirmar que o derramar do Espírito de Deus é extremamente necessário para o sustento da vida espiritual. O texto mostra que esse derramar do Espírito traria junto com ele algumas manifestações que seriam fruto da presença dessa chuva espiritual. O derramar do Espírito de Deus traria três manifestações:

Precisamos urgentemente de um grande Avivamento, temo que se continuarmos da forma como estamos não restara muitos para contar a história. A igreja precisa fazer a diferença, não espere pelos outros nós precisamos mudar e agir em conformidade com a palavra de Deus.



Estudos em Destaque