Precisamos de um Avivamento



O avivamento mundial!


Joel 2:28 e 29 E acontecerá, depois, que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos velhos sonharão, e vossos jovens terão visões; até sobre os servos e sobre as servas derramarei o meu Espírito naqueles dias.


João 17:2 assim como lhe conferiste autoridade sobre toda a carne, a fim de que ele conceda a vida eterna a todos os que lhe deste.


Atos 2:17 E acontecerá nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos jovens terão visões, e sonharão vossos velhos;


A igreja hoje está vivendo mais em função do seu passado do que do seu presente. Muitos já sepultaram a velha vida estão chorando diante da sepultura, recordando um tempo que já não existe mais. O que aconteceu? Onde foi parar a alegria da salvação, ( muitos estão servindo a Deus do seu jeito) a fé tem sido uma fé fingida, cade a ousadia? O povo de Deus está voltando a ser um povo errante. Qualquer dificuldade é motivo para se afastar em busca de um oásis inexistente. A lista para explicar este tipo de comportamento é grande. Tudo tem uma explicação para apoiar o afastamento, o desinteresse. Assim vamos colecionando fracassos na família, no trabalho, na igreja, e pior de tudo culpando até mesmo a Deus pelas nossas derrotas. Nunca houve na historia da humanidade tanto necessidade de Avivamento mundial . Estamos vivendo num período muito singular. O mover do Espírito Santo está acontecendo em muitos lugares. Precisamos estar preparados e atentos para não deixar passar este grande mover do Espírito Santo sem nos tocar. A hora é de entrega e disposição de buscar a presença de Deus e a manifestação do Espírito Santo.


Há duas questões que precisa ser consideradas sobre a unção do Espírito Santo e o seu Avivamento:


A primeira: É sobre o que o Espírito Santo está dizendo hoje para a igreja?


Sabemos que a verdade de Deus é única e que o seu propósito continua o mesmo desde o início da criação.


Malaquias 3:6 Porque eu, o SENHOR, não mudo; por isso, vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos.


Mas sabemos também que suas revelações são progressivas!


João 13:7 Respondeu-lhe Jesus: O que eu faço não o sabes agora; compreendê-lo-ás depois.


Em cada período da história o Espírito Santo se moveu de acordo com as necessidades da igreja e do povo! Nestes dias o Espírito Santo está derramando à igreja com o que ele tem de melhor. Por isso devemos estar atentos à sua voz.


Algumas perguntas que devemos fazer para nos mesmos.


1. O que estamos realizando tem a ver com o propósito de Deus para esses dias?

2. O nosso esforço tem respondido as prioridades do Reino de Deus?

3. A nossa motivação está sendo direcionada para o alvo certo?


A segunda questão é se a igreja está ouvindo com clareza o que o Espírito está dizendo?


Quando não se ouve com clareza a voz do Espírito corre-se o risco de caminhar por caminhos traçados pela nossa vontade.


I Coríntios 14:8 ao 12 Pois também se a trombeta der som incerto, quem se preparará para a batalha?Assim, vós, se, com a língua, não disserdes palavra compreensível, como se entenderá o que dizeis? Porque estareis como se falásseis ao ar.Há, sem dúvida, muitos tipos de vozes no mundo; nenhum deles, contudo, sem sentido. Se eu, pois, ignorar a significação da voz, serei estrangeiro para aquele que fala; e ele, estrangeiro para mim.Assim, também vós, visto que desejais dons espirituais, procurai progredir, para a edificação da igreja.


Em nossos dias como ouvir a voz do espírito Santo nestes dias?


Em primeiro lugar, precisamos examinar o texto profético de Joel 2 a partir do primeiro versículo. Vamos examinar?


Este é e será o grande avivamento mundial, este é o Desejo de Deus.


  • Ver o evangelho sendo pregado a todas as nações.


Mateus 24:14 E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim.


B. Ver a igreja convivendo com o sobrenatural


Marcos 16:17 e 18 Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas;pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados.


C. Ver o povo buscando a santificação.


I Tessalonicenses 4:3 e 4 Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição;que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra,


D. Ver as influências satânicas sendo inibidas pelo poder de Deus através da unção do Espirito Santo.


Lucas 4:18 O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos,e apregoar o ano aceitável do Senhor.


Devemos estender os olhos para o mundo para ver onde o vento está soprando.


Durante um período o vento soprou em alguns países e modificou completamente a sua paisagem. A Escócia há cerca de quatrocentos anos estava mergulhada em profundas trevas. O povo vivia numa pobreza degradante. Os sistemas feudais, que em outros países já havia sido abolido, ainda predominava na Escócia. Não existia a classe média. Apenas o clero, a nobreza e o povo. O povo era considerado os vassalos dos barões. Era escravo no corpo e na mente.O clero levava uma vida corrompida e imoral. Neste caos surge um homem levantado por Deus chamado João Knox. Sob o ministério deste homem o país foi transformado completamente. A Inglaterra também em 1739 experimentou o mover do Espírito através de João Wesley, Charles Finney, George Whitefield.

Em outros países como Irlanda, Gales, Estados Unidos o sopro do Espírito Santo mudou a vida e o sistema de governo até então predominante. Hoje o Espírito continua soprando em muitos outros lugares. A nossa oração é que ele não deixe de soprar em nosso meio, em nossa igreja, em nosso país.


O perigo que ronda a igreja o que nao é Avivamento!


Acreditar que:


  1. Avivamento acontece através de uma organização bem feita;

  2. B. Se dará por uma programação eclética;

  3. C. Acontecerá por habilidade em lidar com o povo;

  4. Acontecerá pelas habilidades dos lideres da igreja;


É importante frisar, que sem o avivamento não há trabalho espiritual. Nada pode substituir a ação do Espírito Santo.


Lucas 24:49 e 50 Eis que envio sobre vós a promessa de meu Pai; permanecei, pois, na cidade, até que do alto sejais revestidos de poder.Então, os levou para Betânia e, erguendo as mãos, os abençoou.


Monte Carmelo e o dia Pentecoste: Dois tipos de avivamentos bíblicos:


I Reis 18:20 ao 39

No antigo testamento nós temos a história do profeta Elias enfrentando a nação de Israel, o rei acabe sua esposa e o seu deus falso, Baal, no monte Carmelo. esse evento é exemplo de um forte avivamento que, num só dia, levou uma nação desviada a voltar para deus. Acabe convocou então todo o Israel e reuniu os profetas no monte Carmelo. Elias dirigiu-se ao povo e disse: "até quando vocês vão oscilar para um lado e para o outro?

Se o senhor é Deus, sigam-no; mas, se Baal é deus, sigam-no". O povo, porém, nada respondeu. Disse então Elias: Tragam dois novilhos. escolham eles um, cortem-no em pedaços e o ponham sobre a lenha, mas não acendam fogo. eu prepararei o outro novilho e o colocarei sobre a lenha, e também não acenderei fogo nela. então vocês invocarão o nome de seu deus, e eu invocarei o nome do senhor. o Deus que responder por meio do fogo, esse é Deus".


Atos 1: 12 ao 14 Atos 2:1 ao18 Atos 36 ao 41


O dia de Pentecoste é um exemplo de avivamento alcançando uma cidade no Novo Testamento. Além de ser um evento escatalógico1, a primeira vez nas escrituras que a frase "os últimos dias" foi utilizada no sentido do presente, quando Pedro explicou que "isto é o que foi predito pelo profeta Joel: nos últimos dias, diz Deus, derramarei do meu Espírito"2, os acontecimentos deste dia também marcaram um grande avivamento que abalou a cidade de Jerusalém.


Vamos resumir algumas similaridades entre estes dois avivamentos:


Elias era um homem comum porem o grande diferencial é que ele tinha uma vida de oração!


Tiago 5:17 Elias era homem semelhante a nós, sujeito aos mesmos sentimentos, e orou, com instância, para que não chovesse sobre a terra, e, por três anos e seis meses, não choveu.


A igreja primitiva era um povo comum como todos nós, porem tinha uma vida de oração.


Atos 1:14 Todos estes perseveravam unânimes em oração, com as mulheres, com Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos dele.


Elias obedeceu à palavra do Senhor sabendo que iria enfrentar o rei Acabe e toda a nação de Israel.


I Reis 18:1 e 2 Muito tempo depois, veio a palavra do SENHOR a Elias, no terceiro ano, dizendo: Vai, apresenta-te a Acabe, porque darei chuva sobre a terra. Partiu, pois, Elias a apresentar-se a Acabe; e a fome era extrema em Samaria.


A igreja primitiva obedeceu à palavra do Senhor Jesus de esperar em Jerusalém.


Atos 1:4 E, comendo com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, a qual, disse ele, de mim ouvistes.


As duas alternativas da igreja!


Elias Tinha duas alternativa. A primeira Era: Viver fugindo de Jezabel e escondido em cavernas sendo sustentado por Obadias, como os sete mil profetas, ou confiar em Deus e ir para o confronto no monte Carmelo!


I Reis 18:4 porque, quando Jezabel exterminava os profetas do SENHOR, Obadias tomou cem profetas, e de cinqüenta em cinqüenta os escondeu numa cova, e os sustentou com pão e água.

A igreja primitiva tinha duas alternativas. A primeira era: Se ajuntar com os religiosos e participar apenas da festa do pentecoste, ou seja continuar aquela vida medíocre de religiosidade ou obedecer a palavra de Jesus e se arriscar permanecendo num cenáculo ou seja no andar de cima de uma casa em Jerusalém ate receber a promessa do Pai!


Atos 1 : 13 e 14 Quando chegaram à cidade, eles foram até a sala onde estavam hospedados, a qual ficava no andar de cima da casa. Os apóstolos eram estes: Pedro, João, Tiago, André, Filipe, Tomé, Bartolomeu, Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o nacionalista, e Judas, filho de Tiago. Eles sempre se reuniam todos juntos para orar com as mulheres, a mãe de Jesus e os irmãos dele.


Atos 2:1 ao 4 Quando chegou o dia de Pentecostes, todos os seguidores de Jesus estavam reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um barulho que parecia o de um vento soprando muito forte e esse barulho encheu toda a casa onde estavam sentados. Então todos viram umas coisas parecidas com chamas, que se espalharam como línguas de fogo; e cada pessoa foi tocada por uma dessas línguas. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, de acordo com o poder que o Espírito dava a cada pessoa.


No monte Carmelo: O poder de Deus manifestou-se de uma forma sobrenatural que convenceu a multidão da realidade de Sua existência e poder, o povo reconheceu que só o Senhor é Deus, porem os profetas como o próprio rei Acabe e Jezabel continuaram na sua arrogância !


I Reis 18:39 O que vendo todo o povo, caiu de rosto em terra e disse: O SENHOR é Deus! O SENHOR é Deus!


Na igreja primitiva: As manifestações sobrenaturais do Espírito de Deus chamaram a atenção da multidão e mais uma vez o nome do Senhor foi exaltado e o seu poder visto de uma forma extraordinária. Porem tinham aqueles que achavam que eles estavam embriagados.


Atos 2:6 ao 12 Quando, pois, se fez ouvir aquela voz, afluiu a multidão, que se possuiu de perplexidade, porquanto cada um os ouvia falar na sua própria língua. Estavam, pois, atônitos e se admiravam, dizendo: Vede! Não são, porventura, galileus todos esses que aí estão falando? E como os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna? Somos partos, medos, elamitas e os naturais da Mesopotâmia, Judéia, Capadócia, Ponto e Ásia,da Frígia, da Panfília, do Egito e das regiões da Líbia, nas imediações de Cirene, e romanos que aqui residem, tanto judeus como prosélitos, cretenses e árabes. Como os ouvimos falar em nossas próprias línguas as grandezas de Deus?Todos, atônitos e perplexos, interpelavam uns aos outros: Que quer isto dizer? Outros, porém, zombando, diziam: Estão embriagados!


Elias pregou uma mensagem de arrependimento ao povo, este sempre será o inicio de um grande avivamento. Avivamento sem arrependimento e fogo de palha.


I Reis 18:21 Então, Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o SENHOR é Deus, segui-o; se é Baal, segui-o. Porém o povo nada lhe respondeu.


Na igreja primitiva não foi diferente o apóstolo Pedro levou a eles uma mensagem de arrependimento. Não existirá avivamento sem arrependimento e quando nos arrependemos podemos ser cheios do Espírito Santo! Obs. Pedro faz duas colocações importantíssima a primeira é que eles deveriam ser batizados nas águas e em segundo lugar é que eles receberiam o Espírito Santo. Isto não é uma regra, mais neste caso era a forma como o apostolo Pedro via as punibilidades naquele momento. Eu conheço casos de pessoas que foram batizadas com o Espírito Santo antes de descer as águas do Batismo!


Atos 2:38 e 39 Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo.Pois para vós outros é a promessa, para vossos filhos e para todos os que ainda estão longe, isto é, para quantos o Senhor, nosso Deus, chamar.


No monte Carmelo houve mudanças imediatas e radicais como também no clima espiritual de toda nação de Israel. A primeira coisa a ser feita foi matar os profetas de Baal. Isto tem um significado para nós se quisermos um avivamento genuíno, precisamos fazer morrer a nossa velha natureza eliminar do nosso ser coisas que impedem de termos uma vida cheia do Espírito Santo. O paganismo pode significar a maneira como olhamos para as pessoas, muitas vezes idolatramos as pessoas em nossa volta.

I Reis 18:40 Disse-lhes Elias: Lançai mão dos profetas de Baal, que nem um deles escape. Lançaram mão deles; e Elias os fez descer ao ribeiro de Quisom e ali os matou.


Na igreja primitiva Deus através do Espírito Santo mudou a história de Jerusalém e o motivo desta mudança sem duvidas foram as atitudes na vida daqueles que haviam sido cheios do Espírito Santo. O comportamento deles mediante a sociedade fez com que muitos acreditassem naquele mover espiritual, não era algo apenas pregado e sim vivido por eles.


Atos 2:41 ao 47 Com muitas outras palavras deu testemunho e exortava-os, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa. Então, os que lhe aceitaram a palavra foram batizados, havendo um acréscimo naquele dia de quase três mil pessoas. E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. Em cada alma havia temor; e muitos prodígios e sinais eram feitos por intermédio dos apóstolos. Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum. Vendiam as suas propriedades e bens, distribuindo o produto entre todos, à medida que alguém tinha necessidade. Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus e contando com a simpatia de todo o povo. Enquanto isso, acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos.


O mover do Espírito Santo realizará sempre uma obra completa!


Devemos atentar-nos a algumas coisa fundamentais neste mover do Espírito Santo. Eles tinham: Perseverança na sã doutrina, na comunhão, no partir do pão, nas orações, havia temor, sinais e prodígios, tinham tudo em comum, vendiam suas propriedades e bens e distribuíam entre eles o produto conforme a necessidade das pessoas, perseveravam unânimes no templo todos os dias, partiam o pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus. Agora qual era o resultado de tudo isso? Eles podiam contar: Com a simpatia de todo o povo, e o Senhor acrescentava-lhes todos os dias os que iam sendo salvos.


A sim como o avivamento do monte Carmelo acabou com a seca sobre a nação de Israel, não poderia ser diferente em Jerusalém, quando provamos o verdadeiro avivamento a terra seca vira oásis, a morte se transforma em vida, o perdido é encontrado e salvo, aquilo que parecia impossível agora é possível, o difícil se torna fácil, as maldições são transformadas em bênçãos, as coisas de Deus fazem sentido para nós e o nosso maior prazer é estar em sua casa, Quando existe o genuíno avivamento o nosso altar é restituído e recebemos de Deus uma restituição completa, o inimigo é derrotado e Jesus Cristo exaltado! Quando recebemos avivamento recebemos da parte de Deus o cancelamento dos juízos de Deus sobre a nossa vida, família e nação.

Conclusão!

Eu creio que o verdadeiro avivamento terá todas estas características: Arrependimento, humilhações, oração, obediência, compromisso, manifestações sobrenaturais, mudanças nítidas na vida espiritual das pessoas e, como conseqüência do avivamento, almas sendo salvas aos milhares, igreja lotadas dia e noite para poder saciar a fome de milhões de pessoas.




Estudos em Destaque
Estudos Recentes
Arquivo

templodosmilagres.com.br |  Whats: (41) 3679-6534

 

Av. Alderico Bandeira de Lima, 1767
Campina Grande do Sul - Jd Paulista

quadrangulartemplodosmilagres@gmail.com

  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Twitter Icon

site desenvolvido por Matheus Pereira