Células: O ninho das águias.



Células: O ninho das águias.


Jó 39:27 e 28 “Ou é pelo teu mandado que se remonta a águia e faz alto o seu ninho? Habita no penhasco onde faz a sua morada, sobre o cimo do penhasco, em lugar seguro.”

Ezequiel 1:10 A forma de seus rostos era como o de homem; à direita, os quatro tinham rosto de leão; à esquerda, rosto de boi; e também rosto de águia, todos os quatro



Muito se tem usado a figura da águia para descrever a atitude do cristão vitorioso, conquistador e acima de tudo abençoado. Falar de sua visão inigualável, sua força, seu espírito predador e seu poder de alçar altos vôos são quase que uma redundância. Muito pouco se fala sobre o ninho das águias, e é sobre isto que desejo refletir um pouco com vocês.

A águia

A águia mora nas alturas, na copa das grandes árvores ou em rochas de difícil acesso. A espécie conhecida como dourada, por exemplo, constrói ninhos com três metros de profundidade e dois de largura em média e nunca para de investir neles em toda a sua vida. As águias criam e alimentam seus filhotes até que possam voar, além de abrigar como seus “inquilinos” pequenas aves, mais frágeis, com as quais convive pacificamente.


As células como ninho das águias!


Ao tomar conhecimento dessas características, logo imaginei a célula como um ninho de águias, um ambiente propício para formar crentes conquistadores. Uma célula tem que ser um lugar de investimento. Um líder de êxito é alguém que se dedica de forma obstinada a preparar um ambiente para a multiplicação. Como eu disse, a águia passa toda a sua vida investindo no seu ninho, renovando-o. Ela nunca sente que ele está pronto. Talvez por isso não se muda, raramente abandona o ninho que começou. Que grande lição! Aconteça o que acontecer, os “crentes-águia” também são dedicados e fiéis à sua célula. Eles estão sempre procurando melhorar o ambiente, aprofundar os relacionamentos, dar maior consistência ao ninho.


O zelo das Águias quanto ao seu ninho atrai outros pássaros!


O capricho das águias é tão grande que seu “lar” acaba atraindo algumas espécies de aves menores, indefesas, que vêm para se abrigar e, surpreendentemente, são bem recebidas pelas “donas da casa”. Não é este o verdadeiro espírito da célula?

Servir de refúgio e aconchego para os perdidos, aqueles que não têm defesa no mundo espiritual e precisam de um lugar para sobreviver? A bem da verdade quanto maior e mais bem preparado for o ninho, mais gente assim será atraída à graça de Deus! Por isso temos que insistir para que a célula não se torne um lugar de conforto para crentes maduros, mas um lugar de salvação desejável para os que estão perdidos.


Existe um tempo certo para o ninho!


Outro detalhe importante é que as águias têm seus filhotes e os criam no ninho, mas não permitem que eles permaneçam ali para sempre. Quando eles estão consolidados, com asas desenvolvidas, prontos para voar, ela os empurra para fora, ajudando-os a vencer o medo das alturas e mostrando-lhes que são capazes. Este é o papel de um bom líder. Ele consolida os novos em sua célula, leva-os à Escola de Líderes e, quando estão prontos (ainda que não se sintam completamente seguros), envia-os para desenvolver seu próprio ministério. E como é maravilhoso ver estes “filhotes” descobrindo o prazer e a alegria de voar! O desejo do meu coração e ver gente nova na fé, vidas que nasceram de novo à frente de suas próprias células, começando a construir seu ninho de bênçãos.


As Águias são monogâmicas


Outro detalhe muito interessante na vida das águias: É que elas são monogâmicas, ou seja, o macho e a fêmea se acasalam e permanecem exclusivos um do outro enquanto viverem, nunca se envolvendo com outros parceiros. Isto nos fala de fidelidade, outra marca imprescindível na vida daqueles que desejam ser bem sucedidos no ministério e na vida cristã. Fidelidade ao Senhor, fidelidade à família, fidelidade aos líderes e discipuladores. Sem isso, ninguém obterá êxito. A santidade passa pela obediência, que nasce da fidelidade e é essa fidelidade que viabiliza uma vida saudável em todas as áreas.

As características das Águias!


  1. A águia voa alto! É a rainha das alturas. Você foi feito para voar alto, muito alto, e não pode se contentar com voos rasteiros, se contentar com o ponto aonde já chegou!


2. Nunca um vôo da Águia é mais baixo que o anterior, ela nunca se contenta com a altura que atingiu, assim, o segundo vôo é mais alto que o primeiro, o terceiro, mais alto que o segundo… E você meu amigo? Como anda sua capacidade de voar?


3. As águias voam como projéteis velocíssimos e em linha reta, nunca em círculos, nem em movimentos sinuosos. Ela é determinada e certeira. Você é determinado naquilo que busca? Na sua luta pela santidade? Ou voa em círculos como o urubu buscando a podridão do mundo e não sai do lugar?


4. A águia é uma mãe exemplar, faz seus ninhos nas alturas do penhasco para que nenhum predador devore seus filhotes, e traz comida no tempo ideal e no bico, e se algum predador se aproximar de seus filhotes, ela o defende com as suas garras! Deus é assim, Ele nos ama tanto, ai daqueles que tocar nos seus ungidos!


5. A águia faz o seu ninho com espinhos, mas forra-o com algo macio para não incomodar os filhotes. Porém, um dia chega um momento muito difícil para ela que é mãe, fazer com que seus filhos entendam que têm de voar também, e que não podem ficar dependentes dela o resto da vida, pois ela não é eterna. Enquanto os filhotes não descobrirem suas asas não haverá propósito para a sua vida. Enquanto eles não aprenderem a voar não compreenderão o privilégio que é nascer águia. Então, sem hesitar, ela tira todo o forro do ninho para que os espinhos incomodem os filhotes. Os filhotes ainda não sabem que têm asas, eles precisam descobrir isso, mesmo incomodados com os espinhos eles preferem ficar ali , quando olham para o abismo que está embaixo, não querem pular eles tem medo! Que coisa interessante, a capacidade de voar nasce justamente com o medo de voar! E neste momento que a Águia mãe toma uma medida drástica, Ela leva seus filhotes para a beira do ninho e os empurra para baixo, pode parecer uma estupidez mais o empurrão é a atitude mais coerente que ela podia oferecer-lhes neste momento de sua vida. Ela esta no seu supremo ato de amor dando a oportunidade de se tornarem uma verdadeira águia. Então, um a um, ela os precipita para o abismo. Na primeira queda e segunda Ela os assiste e se houver qualquer problema ela os apanha com as suas asas, porem se na terceira vez os filhotes não aprenderam ela os ignora espontaneamente. Na maioria dos casos, na primeira tentativa eles já saem voando, meio desajeitados mais voam deixando a mamãe águia super orgulhosa!


A grande verdade ao nosso respeito!


Um dia eu e você tivemos que sair do aconchego do ninho de nossas casas, para ir para a escola, para o trabalho, para os desafios da vida. E na verdade não paramos mais de ser tocados dos lugares onde estavas tão acostumado! Deus faz assim conosco, Ele permite que algumas coisas saiam dos conformes para nos fazer crescer. Às vezes, nas nossas vidas, as circunstâncias fazem o papel de águia. São elas que nos empurram para o abismo. E quem sabe não são elas, as próprias circunstâncias, que nos fazem descobrir que temos asas para voar bem alto! Por incrível que pareça a Bíblia revela que uma das características do nosso Deus é justamente a Águia :


Êxodo 19:4 “Vistes o que fiz aos egípcios e como vos levei sob asas de águia e vos trouxe a mim”


Deuteronômio 32:11 “ Como a águia desperta a sua ninhada e voeja sobre os seus filhotes, estende as suas asas, e, tomando-os, os leva sobre elas…”


Deve ser muito difícil para a mamãe águia, pegar o filhote com o bico e jogar para baixo para que ele voe! O filhote poderia pensar: Mas que mãe cruel eu tenho! Como já vimos quando a águia percebe que seu filhote não vai conseguir voar mesmo, numa velocidade extraordinária ela voa como um projétil, toma-o sob as asas e devolve- o à segurança do ninho por duas vezes! Deus faz isso com a gente, muitas vezes pensamos que Ele esta sendo cruel e na verdade Ele esta apenas nos ensinando a galgar alturas. Deus nunca nos dá uma cruz que não possamos carregar, as cruzes pesadíssimas, geralmente somos nós que as inventamos! Mas não se preocupe se diante de um grande problema Ele perceber que você não terá forças, Ele, num vôo razante te pegará em suas asas e te levará para a segurança de seu ninho e te dará aulas de vôo novamente, sem nunca desistir!


Êxodo 19:4 “Vos levei sob asas de águia e vos trouxe a mim”


6. A águia é a única ave que enfrenta tempestades! E ela voa de frente, sem vacilar, e se ela perceber que a tempestade realmente está muito forte, ela redobra as forças e voa acima das nuvens de tempestade, na bonança! E você? Já passou por tempestades meu irmão? Sobreviveu? Parabéns! Se ainda és muito jovem, irás passar, e quando passar, lembre-se: Deus te criou para enfrentar tempestades!


7. A águia tem uma visão super apurada ela tem a capacidade de ver a 360º, ela tem uma visão tridimensional, enquanto que o homem só pode visualizar em 180º. E não somente o campo de visão da águia é maior, como também é melhor, ela da altura que está consegue ver o menor alvo no chão. Outro ponto é que embora a águia tenha esta capacidade de visão tão grande, ela não tem as suas vistas ofuscadas pelo brilho do sol. Ela é o único pássaro que pode olhar direto para o sol. Isso significa que Deus nos dá discernimento, visão além do alcance normal e que ao contemplarmos sua glória não teremos as nossas vistas ofuscadas pelo Seu brilho:


I Coríntios 2:14 e 15 “Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, enquanto ele por ninguém é discernido”


Isaias 40:31 Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.


Os que esperam no Senhor verão além do que se pode ver, através do discernimento espiritual.


Águia, pato ou a galinha, com quem você se parece?



As características da galinha e o pato!

A galinha cisca para buscar alimentos, vai atrás de migalhas e pequenos bichinhos, como minhocas, formigas e restos de comida. Se for criada em um aviário, talvez receba milho e ração, ela não voa a não ser numa ultima necessidade porem você sabe onde ela vai parar: Na panela. As características do Pato. Esse você sabe descrever certamente. Não muito diferente da galinha, se alimenta com grãos e ração, é conhecido por ser um animal caçado. O pato caminha nada e voa mais o seu caminhar é desajeitado, nada mal e voa mal. Ou seja, não faz nada bem feito. E a águia? A águia é um animal raro, ela voa alto, habita as montanhas, tem uma envergadura forte, ela tem uma visão fantástica é caçadora, ela não come o que jogam para ela, ela decide o que vai comer, vai em busca da sua presa. A águia tem uma característica peculiar, ela se renova troca o bico, as penas e as garras. Muito provavelmente você já deve ter visto um pato ou uma galinha de perto, eles são medrosos, assustados, fracos, come restos de comida, ou fica a espera de algo que lhe ofereçam. Tanto a galinha como o pato apesar de voar o seu final é sempre o mesmo, a panela. Você já comeu um cozido de águia? Uma águia assada? Quem sabe você nunca tenha visto pessoalmente uma águia! Por quê? Por que elas voam muito alto é muito difícil de caça-las ou mante-las em cativeiro.

Como Águias precisamos aproveitar o tempo que se chama hoje!

Esses são dias de grandes conquistas para o reino de Deus. Os céus de nossa nação estão abertos para a salvação de multidões. Nesse contexto, a igreja celular é um segredo estratégico para o avanço rápido desta colheita final. Só teremos sucesso, porém, se fizermos de nossas vidas uma referência da visão e se as nossas células forem verdadeiros ninhos de águias, um ambiente de excelência onde reproduzimos e formamos os grandes conquistadores, não no nível da razão ou das circunstâncias naturais, mas nas abençoadas alturas da fé sobrenatural. Esse é o nosso lugar alto, onde Deus está e nos convida a passar pelo processo da renovação. Eu e você temos duas alternativas: Deixar as coisas do jeito como estão vivendo a mediocridade de sermos tachados de patos e galinhas ou assumirmos de vez a nossa identidade como águias para o qual Deus nos chamou. Nem que para isso seja necessário arrancar algumas coisas velhas de nós, para que nos revistamos do novo. Que Deus nos ajude sempre!


Não podemos ter medo dos desafios.


Muitas vezes não somo usados pelo fato de termos medo dos desafios que somo submetidos, o ser humano por natureza tem aversão as mudanças na verdade do novo. Precisamos entender que jamais seremos vitoriosos se não arriscarmos. Mesmo que seja difícil os desafios, mais sabemos que tudo ou quase tudo em nossa volta só existe por que alguém tomou as atitudes que precisavam sem tomadas, vejo que se os nossos pais não tivessem aceitado os desafios de casar, comprar, sair do lugar onde estavam nos estaríamos aqui? Deus nos desafia a vivermos dentro desta visão celular é difícil? Creio que sim por que faremos com responsabilidade, mais como ouvirão se não houver quem pregue?




Estudos em Destaque
Estudos Recentes
Arquivo

templodosmilagres.com.br |  Whats: (41) 3679-6534

 

Av. Alderico Bandeira de Lima, 1767
Campina Grande do Sul - Jd Paulista

quadrangulartemplodosmilagres@gmail.com

  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Twitter Icon

site desenvolvido por Matheus Pereira